DESEMBARGADOR SERGIO PINTO MARTINS É NOMEADO MINISTRO DO TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO

Compartilhe esse conteúdo.

Nesta segunda-feira (25/4), o desembargador do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região Sergio Pinto Martins foi nomeado pela Presidência da República para exercer o cargo de ministro do Tribunal Superior do Trabalho. A nomeação é para a vaga decorrente da aposentadoria do ministro Alberto Luiz Bresciani de Fontan Ferreira. Confira o decreto aqui.

A partir de agora, o magistrado integra o corpo de 27 ministros da corte superior do trabalho, para atuar na pacificação social e na uniformização da jurisprudência trabalhista.

Sergio Pinto Martins é mais um nome oriundo do TRT-2 a ocupar vaga destinada a magistrado de carreira no TST. Além dele, exerce o cargo de ministro Renato de Lacerda Paiva, também originário da 2ª Região.

A sessão solene de posse do magistrado está marcada para 19/5 no TST, em Brasília.

Currículo

Sergio Pinto Martins é mestre em direito tributário pela Universidade de São Paulo (USP), doutor e livre-docente em direito do trabalho pela USP e autor de mais de 50 livros jurídicos e centenas de artigos. 

Tomou posse como juiz no TRT-2 em 1990 e, em 1994, foi promovido, por merecimento, ao cargo de juiz titular. Em 2007, foi promovido, também por merecimento, a desembargador do Regional, onde dirigiu a Escola Judicial e, desde outubro de 2020, exerce o cargo de corregedor regional na 2ª Região. 

Um de seus trabalhos recentes na Corregedoria do órgão é atuar em prol da solvência de dívidas trabalhistas de clubes de futebol. Por esse trabalho, concentram-se as execuções contra as equipes em um único processo, suspendendo-se as cobranças individuais. 

Desse  modo, prioriza-se o pagamento aos trabalhadores de forma organizada e igualitária, ao mesmo tempo em que se mantém a continuidade e viabilidade das empresas. Participaram dessa iniciativa clubes como Associação Portuguesa de Desportos, Santos Futebol Clube e Sport Club Corinthians Paulista. 

Fonte: TRT- 2 região

Últimos posts

LEI DA IGUALDADE SALARIAL HOMEM E MULHER

A Lei nº 14.611/2023, também conhecida como lei da Igualdade Salarial entre homens e mulheres, foi promulgada em julho de 2023, reforçando

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *