TRT-2 OCUPA PRIMEIRO LUGAR ENTRE OS REGIONAIS TRABALHISTAS PARA PROCESSOS EM EXECUÇÃO

Compartilhe esse conteúdo.

O Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região alcançou, até agosto deste ano, uma taxa de execução de 159,85%, ocupando o 1º lugar entre todos os regionais trabalhistas do país nesse quesito. As informações são do Power BI da Corregedoria Geral da Justiça do Trabalho – Painel Movimentação Processual para Correição/e-Gestão.

Por essa taxa, comparam-se as execuções iniciadas e extintas, o que significa que o Regional finalizou mais casos do que recebeu em primeiro grau. O indicador representa a eficiência e efetividade dos tribunais no cumprimento de decisões.

Além desse resultado, o primeiro grau registrou, para o mesmo período, uma taxa de solução de 105,63%, alcançando o 5º lugar no ranking nacional e o 2º lugar entre os tribunais de grande porte. O índice de solução compara a quantidade de recebidos e de julgados em primeiro grau.

Esforço conjunto

A Corregedoria parabeniza todos os profissionais que compõem o órgão pelos resultados obtidos em taxa de execução e taxa de solução em primeiro grau. Para a Administração, os números confirmam que, apesar da grande quantidade de casos recebidos, a 2ª Região se consolida como referência nacional na solução de processos e na entrega de uma Justiça célere e eficaz. 

E isso só é possível em razão do esforço coletivo de magistrados(as) e servidores(as) e todas as pessoas envolvidas nessas atividades. “Esses resultados excepcionais são um testemunho do comprometimento com a missão de promover a justiça e garantir que os direitos dos trabalhadores sejam protegidos de maneira eficaz e rápida”, afirma o desembargador-corregedor Eduardo de Azevedo Silva.

Últimos posts

Justiça do Trabalho Mobiliza-se Contra a Violência Sexual de Crianças e Adolescentes em Maio

Durante o mês de maio, a Justiça do Trabalho intensificou ações para combater o abuso e a exploração sexual de crianças e adolescentes em todo o Brasil. Esta iniciativa, parte do Programa de Combate ao Trabalho Infantil e de Estímulo à Aprendizagem, envolve os 24 Tribunais Regionais do Trabalho e coincide com o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, celebrado em 18 de maio. Ações incluem palestras, rodas de conversa e campanhas de sensibilização, realizadas tanto nos tribunais quanto em espaços públicos. Autoridades ressaltam a importância da denúncia e da conscientização da sociedade para enfrentar esse grave problema.

LEI DA IGUALDADE SALARIAL HOMEM E MULHER

A Lei nº 14.611/2023, também conhecida como lei da Igualdade Salarial entre homens e mulheres, foi promulgada em julho de 2023, reforçando

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *