Rodrigues Jr.

Colegas doam 350 dias de férias para pai cuidar de filha com câncer

Voltar

Há cerca de um ano, Jonathan e Marine Dupré descobriram que Naëlle, sua filha de quatro anos, estava com câncer no rim. Para que pudesse enfrentar a situação difícil ao lado da filha, o pai ganhou 350 dias de folgas como presente de seus colegas de trabalho. A família vive em Aumale, na França, onde ele trabalha em uma fábrica de vidro.

A história foi contada pelo jornal francês "Le Réveil".

A menina passou por um tratamento intenso. Depois da cirurgia, realizada em dezembro do ano passado, teve de enfrentar 31 semanas de quimioterapia. "Por causa dos exames e da quimioterapia, eu esgotei meu estoque de dias de folga", disse Jonathan à publicação.

Em 2014, a França aprovou uma lei que permite colegas cedam seus dias de férias ou folgas quando o filho de um funcionário está doente.

Foi seu chefe quem teve a ideia de coletar dias com os colegas, que apoiaram a iniciativa. "Soube pelo correio. Fiquei muito emocionado", disse Dupré. "Foi um peso tirado de nós. Não tivemos problemas para realizar exames e tratamentos".

"Estou muito feliz que meu pai fica em casa comigo", disse Naëlle. O câncer agora está em regressão e ela já pôde voltar à escola em setembro.
...